Aécio Neves luta contra isolamento nas Minas Gerais

0

Senador Aécio Neves é pressionado por correligionários a disputar uma vaga na Câmara federal

A candidatura de Aécio Neves ao Senado encontra-se em sérias dificuldades nas Minas Gerais.

De um lado, prefeitos tucanos do interior do estado temem engajar-se na campanha de Aécio Neves para o senado e prejudicar a imagem deles perante a população.

Ao Estadão, o prefeito de Cataquazes, William Lobo Almeida, disse: “ficamos muito angustiados com a situação dele. A questão do senador reflete em todos os membros do PSDB e pode prejudicar o partido”. O prefeito disse à reportagem que apoiará Márcio Lacerda (PSB). aqui

De outro lado, os tucanos entendem que uma dobradinha de Geraldo Alckmin com Aécio Neves traria mais prejuízos que benefícios, nas atuais circunstâncias.

“Em conversas reservadas, líderes tucanos mineiros dizem que a postulação ao Senado pode isolar o PSDB no Estado. Interlocutores do governador Geraldo Alckmin concordam e temem que o pré-candidato ao Palácio do Planalto fique sem um palanque competitivo no segundo maior colégio eleitoral do país”, ao estadão aqui

Isolado, Aécio Neves tenta lançar um candidato do PSDB ao governo de Minas Gerais para manter a possibilidade de ele concorrer ao Senado.

O senador Antônio Anastasia é o preferido da tropa aecista. O senador ainda não decidiu se irá disputar o governo estadual.

Na eleição de 2010, Anastasia se tornou o candidato do PSDB para o Governo de Minas, venceu no primeiro turno, obtendo 6.275.520 votos – totalizando 62,72% dos válido. Em 2014, Anastasia deixou o governo para disputar o senado e trabalhar pelo projeto presidencial de Aécio Neves.

Os tucanos pressionam Aécio Neves a ser candidato a deputado federal, de maneira a manter o foro privilegiado e evitar uma eventual prisão.

“Falamos com ele que, se tiver 150 votos em cada cidade, será eleito deputado por telefone sem sair de casa”, disse um integrante da direção estadual do PSDB. aqui

Aécio Neves corre risco de não ser eleito caso dispute o Senado. Uma pesquisa de outubro de 2017 trouxe o senador em quinto lugar, na preferência do eleitorado aqui   Nesta eleição, cada estado elegerá dois senadores. Aécio Neves garante que ficará entre os dois primeiros e ratifica que não será candidato a deputado.

Eis aí mais um nó que o PSDB e Geraldo Alckmin terão de desatar.

 

Jornalista e formado em ciência política pela UNESP, André Henrique já atuou como docente, assessor parlamentar e consultor político, mas é no jornalismo que o sociólogo se realiza profissionalmente, especialmente na editoria de política.

Comente no Facebook