Encontro de Michel Temer com Reinaldo Azevedo gera bate-boca entre jornalistas

1

Bate-boca expõe conexões políticas e econômicas de jornalistas

O site O Antagonista noticiou que o presidente Michel Temer em viagem a São Paulo despistou a imprensa e fez uma parada tática no apartamento do jornalista Reinaldo Azevedo.

A publicação terça (18) foi mais longe ao insinuar que existe uma conspiração entre setores do PMDB, uma parte do STF e seus porta-vozes na imprensa (entre os quais, Reinaldo) contra a Lava-Jato.

Os manda-chuvas do site são os jornalistas Mário Sabino, ex-redator-chefe da revista Veja, e Diogo Mainardi, ex-colunista de Veja e ex-amigo de Reinaldo Azevedo.

Notícia:

No mesmo dia em seu programa “O É DA COISA”, pela BandNews, Reinaldo Azevedo confirmou que recebeu o presidente da República e disse que havia um carro da TV Globo no local filmando quem entrava e saía do prédio. Reinaldo disse que enviou uma carta ao diretor de jornalismo da Globo, Ali Kamel, enfatizando que invasão de privacidade não é jornalismo.

O jornalista ironizou O Antagonista, “um site aparentemente de jornalismo e que pertence a uma corretora [Empiricus] que ganha dinheiro com as oscilações do mercado…” e questionou: “recebi sim o presidente, qual o crime nisso?” Reinaldo seguiu: “criminoso é prometer para os clientes que o Temer vai cair e fazer produtos de mercado com a queda do presidente e depois não entregar o produto, isso é criminoso, isso é vagabundagem, isso é canalhice, isso é sem-vergonhice”.

Reinaldo desafiou Diogo Mainardi e Mário Sabino a quebrarem seus sigilos bancários e fiscais dentro e fora do Brasil, e completou: “eu posso garantir que vivo de acordo com aquilo que eu ganho”. Reinaldo Azevedo concluiu com o seguinte recado: “Diogo Mainardi e Mário Sabino, vão arrumar um jeito de ganhar dinheiro dignamente, não ofendendo as pessoas e tentando depor presidente em nome dos interesses sabe se lá de quem…”

A resposta se encontra entre os minutos 5:05 e 8:58

Histórico

O desentendimento entre Reinaldo Azevedo e Diogo Mainardi começou por uma divergência editorial e de interesses. Sabino e Mainardi convidaram Azevedo para ser sócio no empreendimento O Antagonista. Reinaldo não quis. O Antagonista defende a Lava-Jato e atua pela derrubada de Michel Temer. Reinaldo Azevedo critica os excessos da Operação e defende Michel Temer. As divergências provocaram curtos-circuitos na relação dos ex-amigos.

Em 12 de maio deste ano o blogueiro Reinaldo Azevedo postou no Twitter um texto em que provoca Diogo Mainardi,  após ser acusado por ele de querer tomar o lugar de Cristiano Zanin, advogado do ex-presidente Lula. Mainardi desceu das tamancas e mandou RA dar a bunda.

A baixaria de maio mostrou bem o nível do debate da direita brasileira. A querela de ontem explicita as conexões desses jornalistas independentes e dignos de confiança, não é mesmo?

Jornalista e formado em ciência política pela UNESP, André Henrique já atuou como docente, assessor parlamentar e consultor político, mas é no jornalismo que o sociólogo se realiza profissionalmente, especialmente na editoria de política.

Comente no Facebook