General encontrou chefe da CIA por ‘cortesia’, segundo Gabinete de Segurança Institucional

1

Segundo nota, Duyane Norman fez uma “visita de cortesia” a Sergio Etchegoyen, “após o término de sua missão no Brasil”.

Por Rafael Bruza

O general do Exército, Sérgio Westphalen Etchegoyen, de 64 anos, que é ministro-chefe da Secretaria de Segurança Institucional / Foto – Reprodução (Agência Brasil)

A assessoria de Comunicação Social do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) confirmou nesta terça-feira (20) o encontro entre o ministro e general do Exército brasileiro, Sergio Etchegoyen, com Duyane Norman, apontado como “chefe do posto da CIA (central de inteligência dos Estados Unidos) em Brasília”. Segundo a pasta, o encontro foi uma “visita de cortesia”.

“Registramos que a autoridade americana realizou uma visita de cortesia ao Ministro do GSI por estar retornando aos EUA após o término de sua missão no Brasil”, diz a pasta em nota.

Questionado pelo Independente, o Gabinete não revelou outros detalhes da visita – confira no final do texto a nota na íntegra.

A audiência com o agente da CIA consta na agenda de Sergio Etchegoyen, que aponta um encontro de 30 minutos de duração, feito às 15h no dia 9 de junho de 2017.

A agenda foi inicialmente divulgada pelo diretor da consultoria Eurasia, João Augusto de Castro Neves, através de seu perfil no Twitter.

Logo o Radar On-Line, da revista Veja, publicou uma notícia sobre a agenda do general.

Duyane Norman

A imprensa brasileira vem afirmando que a agenda de Sergio Etchegoyen revelou a identidade oculta do “chefe do posto da CIA” em Brasília, Duyane Norman.

No Linkedin, rede social usada na área profissional, Duyane Norman se apresenta apenas como um “oficial de serviço estrangeiro” – Foreign Service Officer.

No campo de experiências profissionais, ele se define como um “political oficer” – “oficial político” ou “executivo político”, em tradução livre – do Departamento de Estado Estadunidense, que gere as relações internacionais do país.

Segundo o perfil, Norman exerce essa profissão desde março de 1992, há 25 anos e 3 meses.

Na formação acadêmica, ele diz que se formou “bacharel em artes, em estudos latino-americanos”. pela Universidade de Vanderbilt, localizada em Nashville, no Estado do Tennessee.

Não há fotos de Duyane Norman, que também tem um perfil no Twitter com o mesmo nome, mas nenhum tuíte publicado.

Visita ao diretor da PF

O mesmo Duyane Norman fez visita ao diretor da Polícia Federal (PF), Leandro Daiello Coimbra, dia 11 de julho de 2016.

O encontro consta na agenda do diretor da PF e teve presença Joseph Direnzo, também apresentado como alguém da CIA.

Procurada, a Ouvidoria da Polícia Federal ainda não se manifestou sobre o caso.

Captura da agenda do diretor da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra de 11 de julho de 2016

Confira as perguntas do Independente e, abaixo, a nota do gabinete enviada como resposta.

Perguntas

Independente – O encontro agendado ocorreu como previsto?

Independente – Duyane Norman de fato é “chefe do posto da CIA em Brasília”, como a agenda indica?

Independente – Se houve tal encontro, que assuntos foram discutidos?

Independente – Em que pontos a CIA e o Departamento de Estado dos Estados Unidos têm interesse no Brasil?

Nota

Em resposta às suas indagações encaminhadas por e-mail nesta data, informamos o seguinte:

1. A Agenda do Ministro de Estado Chefe do Gabinete de Segurança Institucional é um dos instrumentos da Transparência Ativa prevista na Lei Nr 12.527, de 18 Nov 11, Lei de Acesso à Informação, e está disponível no site www.gsi.gov.br;

2. Ressalta-se, ainda, que nas audiências são registrados os nomes e os cargos das autoridades, observando-se, sem exceção, o Princípio da Publicidade previsto no Art 37 da Constituição da República Federativa do Brasil;

3. Por fim, registramos que a autoridade americana realizou uma visita de cortesia ao Ministro do GSI por estar retornando aos EUA após o término de sua missão no Brasil.

Jornalista formado em Madri, retornou ao Brasil em 2013 para lançar um meio de comunicação próprio. Idealizou, projetou e lançou o Indepedente em fevereiro de 2016. Acredita que o futuro do mundo está dentro de cada um de nós e trabalha para que as pessoas tenham uma visão realista, objetiva e construtiva do planeta Terra.

Facebook Twitter LinkedIn 

Comente no Facebook