Internautas evangélicos criticam Marco Feliciano por voto a favor de Michel Temer

0

Em milhares de comentários no Facebook, internautas se dizem traídos, decepcionados e afirmam que o pastor já não os representa.

Por Rafael Bruza

O pastor e deputado federal, Marco Feliciano / Foto – Reprodução (Agência Brasil)

Milhares de internautas criticaram o pastor e deputado federal, Marco Feliciano (PSC-SP), em sua página no Facebook, por conta do voto do parlamentar evangélico a favor de Michel Temer e contra a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR), que foi rejeitada pelos deputados federais nesta quarta-feira (25).

Em entrevista à Bia Kicis, ex-procuradora da República e atual presidente do Instituto Resgata Brasil, o pastor declarou que a situação do Brasil é “ruim com Temer”, mas “pior sem ele”.

“(Votei a favor de Temer) porque neste momento, Bia, é ruim com ele e pior sem ele. Você lembra do Impeachment da Dilma Rousseff. O Impeachment, que eu apoiei e você também fez campanha, custou a nós, brasileiros, 14 milhões de empregos. Explico: toda vez que um governo é abalado e toda vez que um presidente perde a moral diante do povo e do mercado internacional, o mercado seca a torneirinha dos financiamentos. O risco Brasil sobe, o dólar sobe. Subindo o dólar, o Produto Interno Bruto sobe também. As empresas, com produtos altos, não conseguem vender. Quando a empresa não consegue vender, manda o empregado embora. O desemprego gera pobreza e a pobreza gera miseria e violência. Se nós derrubarmos o presidente Michel Temer agora, vamos sofrer por um tempo, pois Rodrigo Maia assume a Presidência. Ele também está envolvido em delações. Pergunta que fica: a Globo e a imprensa vão deixar ele governar por seis meses? Logico que não, pois eles têm que vender jornal”, declara Feliciano.

“Então neste momento eu não voto a favor do presidente, mas sim da estabilidade do país e para que a economia continue caminhando para que as pessoas não percam seu emprego. E detalhe: nós não vamos sepultar. Nós vamos protelar: dia primeiro de janeiro de 2019 ele deixa de ser presidente e cai na mão do nosso herói, Sérgio Moro, lá em Curitiba. E que Moro coloque Temer, caso ele deva, onde ele merece”, concluiu o pastor.

Críticas

Marco Feliciano é um dos deputados mais influentes nas redes sociais, segundo estudo da FSB Comunicação.

Na votação da primeira denúncia da PGR, Marco Feliciano também votou pela rejeição da acusação e a favor do presidente. Na ocasião, ele também foi criticado por cidadãos evangélicos.

Nesta quinta-feira (26), os comentários mais curtidos das últimas postagens do pastor são exclusivamente críticos ao voto a favor de Temer.

“Sendo Marcos Feliciano uma pessoa que se diz evangélica e conhecedor da palavra, penso que simplesmente seu voto mostrou que você é apenas mais um político aproveitador das situações. O seu argumento ainda foi mais covarde colocando a responsabilidade do seu voto na conta de seus eleitores. ‘Conhecereis a verdade é ela vos libertará’ é isso que o Brasil precisa”, disse uma internauta.

“Parceiro do temer ,se vendeu Marcos Feliciano…. A bíblia diz que nos últimos tempos surgirão muitos falsos profetas,eis aí…. Vergonha”, diz outro seguidor de Feliciano.

“Que falta de coragem! Nessas horas que dá vergonha de nós evangélicos, era para os pastores estar na luta por um país melhor, convocando suas igrejas para rua! Vergonha!”, diz outro internauta.

Outros cidadãos afirmam que se sentem traídos e que Marco Feliciano não os representa.

Captua de comentários feitos na página de Marco Feliciano

Apoios tímidos

A despeito de milhares de críticas feitas no perfil de Feliciano, alguns internautas disseram que compreendem a postura do pastor.

Estes comentários, no entanto, possuem número muito inferior de curtidas do que as declarações críticas ao voto de Michel Temer.

Caputa de comentários feitos na página de Marco Feliciano

Jornalista formado em Madri, retornou ao Brasil em 2013 para lançar um meio de comunicação próprio. Idealizou, projetou e lançou o Indepedente em fevereiro de 2016. Acredita que o futuro do mundo está dentro de cada um de nós e trabalha para que as pessoas tenham uma visão realista, objetiva e construtiva do planeta Terra.

Facebook Twitter LinkedIn 

Comente no Facebook