PCO pede fim da Lei de Ficha Limpa em defesa de Lula

0

Em post no Facebook, o Partido da Causa Operária (PCO) defende “o direito da população a escolher seus próprios candidatos”.

Por Rafael Bruza

Imagem divulgada pelo PCO em sua página de Facebook

O Partido da Causa Operária (PCO) pediu o fim da Lei de Ficha Limpa na última sexta-feira (19), em publicação feita no Facebook. A lei determina que candidatos condenados na Justiça em segunda instância se tornem inelegíveis em eleições. O ex-presidente Lula, que lidera pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República, pode ter candidatura comprometida nos términos desta lei, caso seja condenado em segunda instância no processo do tríplex do Guarujá, que será julgado no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), na próxima quarta-feira (24).

No post, o PCO pede revogação da Lei de Ficha Limpa “pelo direito da população escolher seus próprios candidatos”.

A assessoria de imprensa do partido não atendeu as ligações da reportagem do Independente.

A publicação gerou milhares de questionamentos e crítica de internautas. Até às 19h desta segunda-feira (22), o post alcançou 14 mil curtidas, 18 mil compartilhamentos e 11 mil comentários – a maioria crítica à posição da sigla.

“Abaixo a lei da ficha limpa? vocês são loucos? já leram a lei? Não sei se vocês sabem mas sua finalidade é impedir políticos ‘sujos’ seja por crimes, atos de improbidade administrativa (etc…) ingressarem no poder público, e essa lei foi de iniciativa POPULAR onde tem mais de dois milhões de assinaturas, vocês como um partido, supostamente do povo, deveria respeitar aquilo que o próprio povo fez… que loucura, é melhor ler certas coisas do que ser cego!”, diz um internauta.

“O que vocês estão querendo legitimar é tão assustador quanto preocupante. Quanto mais eu vivo, mais eu me enojo e mais desprezo intelectualmente a esquerda brasileira. Já fui de esquerda, até há alguns anos. E também até há algum tempo não fazia propaganda nem contra e nem a favor. Às vezes até contemporizava. Mas juro que serei um forte influenciador anti-esquerda para o resto da minha vida. Graças a sandices como esta. Em tempo: realmente vocês vão acabar conseguindo eleger o Bolsonaro. Parabéns!”, declarou outro.

A lei

A Lei de Ficha Limpa é o quarto projeto de lei de iniciativa popular que entra em vigor no Brasil. Promulgada em 2010, o texto prevê que candidatos que tiverem condenação criminal a partir da segunda instância ficam impedidos de obter o registro de candidatura, mesmo que não tenha transitado em julgado.

A lei antiga previa que o candidato só seria inelegível se tivesse condenação definitiva.

Até setembro de 2016,

Jornalista formado em Madri, retornou ao Brasil em 2013 para lançar um meio de comunicação próprio. Idealizou, projetou e lançou o Indepedente em fevereiro de 2016. Acredita que o futuro do mundo está dentro de cada um de nós e trabalha para que as pessoas tenham uma visão realista, objetiva e construtiva do planeta Terra.

Facebook Twitter LinkedIn 

Comente no Facebook