Presidente da UNE entrevista José Serra e divide as redes sociais

0

A entrevista com o senador do PSDB foi feita para um documentário que conta história da entidade e gerou polêmica no Facebook.

Por Rafael Bruza

A presidente da UNE, Carina Vitral, e o senador José Serra (PSDB-SP) / Foto – Reprodução (Facebook)

A presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Carina Vitral, fez uma entrevista com o senador José Serra (PSDB-SP) para o documentário “Praia do Flamengo 132”, que conta a história dos 80 anos da entidade. A entrevista gerou diferentes posturas de internautas nas redes sociais, entre seguidores dela e do senador.

Em post no Facebook, Carina justifica a entrevista dizendo que o senador era o presidente da UNE durante o golpe militar de 1964.

“Foi exilado como muitos estudantes e dirigiu o Congresso de Reconstrução em 79, quando a UNE deixou de ser clandestina”, disse a presidente da UNE. “Por tudo isso, Serra é muito importante para a história da UNE. Hoje nos deu um depoimento emocionado para o filme que irá em cartaz em breve. Em tempos de valorização dos extremos, sei que é difícil para alguns entenderem que esse diálogo possa ocorrer. Diálogo entre diferentes sim, pois não resta a menor dúvida que no tempo presente a UNE e o Serra estão em lados opostos. Mas a história da UNE efetivamente une os opostos. Temos orgulho da nossa história, Viva a UNE!”.

Na tarde de hoje estive com o senador José Serra para gravar depoimento para o filme Praia do Flamengo 132, um…

Posted by Carina Vitral on Monday, May 8, 2017

O tucano José Serra disse também no Facebook que “foi ótimo relembrar o início de minha vida política, as angústias e os desafios da época. Para hoje, continuo convicto das minhas obrigações para a construção de um país mais igualitário e justo”.

Os internautas que seguem as páginas de ambos os políticos, no entanto, ficaram divididos, tendo em vista que a UNE se associa a ideologias de esquerda, enquanto Serra pertence ao PSDB, partido que apoiou o Impeachment e compõe o Governo Federal de Michel Temer.

O comentário com mais curtidas no post de Carina criticou a decisão da presidente da UNE.

“Você (Carina) pisou na bola e sabe disso. Não saia pela tangente disfarçando uma possível estupidez. ‘Golpista não são adversários São inimigos’. Quem disse isso foi o grande Eugenio Aragão. Um grande defensor da democracia. Do fim do golpe. E da volta da Dilma. Não pactuo idéias e ideais com quem abraça inimigos golpistas do país, e ainda da risada”, diz o comentário do internauta Irineuamorim, que tem 128 curtidas até as 11h desta terça-feira (09).

Carina respondeu o internauta dizendo que “o diálogo entre pessoas de posições divergentes ou mesmo opostas faz parte da democracia e, na verdade, é a sua essência para a construção de uma sociedade que saiba respeitar todos os seus membros, independente de credo, raça, posição social, política ou opção sexual. É preciso ter maturidade para compreender e dialogar, isso não significa mudar de lado ou ficar amigo; é simplesmente uma ação política, e o Serra faz parte da história da UNE”.

O segundo comentário na página de Carina com mais curtidas seguiu linha oposta, apoiando a entrevista.

“Orgulho de ver a UNE não cair no radicalismo e se sectarizar a história da UNE é enorme maior do que qualquer um que por ela passou. O que a pessoa constrói depois que saiu dela é uma opção de cada um isso não fará da UNE uma entidade menos valorizada parabéns Carina Vitral”,  disse o internauta Felippe Santana, em comentário com 77 curtidas.

Na página de José Serra, os dois comentários mais curtidos são críticos a entrevista.

“E desde quando a UNE representa os estudantes brasileiros? A UNE em algum momento mostrou preocupação com a Ditadura Venezuelana? Com os estudantes que estão morrendo nas ruas? Francamente… como é possível apoiar com tanto carinho uma entidade que se diz ser representativa dos estudantes mas apoia a ditadura de Maduro? Que decepção, Senador Serra. Este seu EX eleitor se sente apunhalado cruelmente pelo senhor”, disse Alexandre Saramelli em comentário com 1,9 mil curtidas.

A internauta T Cristina de Jesus também disse que não votará mais no senador.

“Pensei que estava votando na oposição, me enganei, o PSDB é igual ao PT. No Brasil só temos partidos de esquerda. Melhor época da minha vida foi no governo militar!!!!”, disse a internauta.

Serra não respondeu os comentários.

Recebi hoje a presidente nacional da UNE, Carina Vitral, para a gravação do filme "Praia do Flamengo 132". Foi ótimo…

Posted by José Serra on Monday, May 8, 2017

Jornalista formado em Madri, retornou ao Brasil em 2013 para lançar um meio de comunicação próprio. Idealizou, projetou e lançou o Indepedente em fevereiro de 2016. Acredita que o futuro do mundo está dentro de cada um de nós e trabalha para que as pessoas tenham uma visão realista, objetiva e construtiva do planeta Terra.

Facebook Twitter LinkedIn 

Comente no Facebook

Leave A Reply