Ronaldo Caiado rebate Gleisi Hoffmann e diz que o PT quer clima de Venezuela no Brasil

0
Após o presidente do TRF-4 ir a Brasília discutir questões de segurança durante o julgamento do recurso do ex-presidente Lula, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann afirmou ao site Poder 360:
 “Para prender o Lula, vai ter que prender muita gente, mas, mais do que isso, vai ter que matar gente. Aí, vai ter que matar “
 No twitter, a petista minimizou a afirmação:
 Na minha fala ao site Poder 360, usei uma força de expressão p/ dizer o quanto Lula é amado pelo povo brasileiro. É o maior líder popular do país e está sendo vítima de injustiças e violências q atingem quem o admira. Como ñ se revoltar c/condenação s/ provas? Política e injusta”, escreveu a senadora.
 O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) comentou as declarações de Gleisi, em seu twitter: “o PT tenta reproduzir no Brasil o clima que a Venezuela vive, mas aqui as instituições funcionam e vivemos uma democracia”.
 Seguiu: “Se for bandido, julgado e condenado de acordo com as leis e a Constituição, não tem choro, vai pra cadeia. Com a Lava Jato, ficou provado que não importa se o sujeito é ou foi importante”.
 E completou: “Crime é crime. Quem cometeu tem que responder à justiça”.

Candidatura Lula:

Ao Poder360, Gleisi Hoffmann declarou esperar apenas a absolvição de Lula, criticou o processo judicial e disse que uma eventual condenação significará que os juízes “desceram para o ‘play’ da política […] No ‘play’ da política nós vamos jogar […] E vamos jogar pesado”.

Segundo ela, o resultado do caso no TRF-4 não pode tirar o petista da disputa pela Presidência, em outubro.

Jornalista e formado em ciência política pela UNESP, André Henrique já atuou como docente, assessor parlamentar e consultor político, mas é no jornalismo que o sociólogo se realiza profissionalmente, especialmente na editoria de política.

Comente no Facebook