Temer irá renunciar à Presidência da República

3

Atualização: no anúncio, Michel Temer estava com 2 cartas de renúncia prontas, mas às 16 horas disse que NÃO irá renunciar. Nos bastidores de Brasília afirmam que a pressão ainda não acabou. Mas pedimos desculpas pelo erro sobre a suposta renúncia das 16 horas, que nunca ocorreu.

O presidente da República, Michel Temer (PMDB), pode renunciar à Presidência da República nesta quinta-feira (18). A situação é de instabilidade para o presidente. Em pronunciamento feito às 16 horas, Temer afirmou que não irá renunciar, contrariando expectativas de jornalistas, como Ricardo Noblat, e aliados da base. Nos bastidores de Brasília, fontes afirmam que a situação “ainda não acabou”. O presidente resiste, mas continua sendo pressionado a sair do cargo.

O ministro da Cultura, Roberto Freire (PPS) anunciou que deixará a pasta porque esperava a renúncia do presidente. O ministro da Defesa, Raúl Jungman, também pretende abandonar o cargo pelo mesmo motivo.

Com isto, PSB, PSDB, PPS e PTN estão fora do Governo.

Há duas versões da carta de renúncia já preparadas. Fontes de dentro do palácio disseram que trata-se de uma rendição incondicional e a expectativa pela renúncia de Michel Temer consegue.

Comente no Facebook